"Dresscode" nas Empresas!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Dresscode no trabalho

"Dresscode" nas Empresas!

Ainda assim, regras básicas devem ser seguidas, aponta a consultora de imagem e estilo, Lais Machado. A especialista preparou algumas dicas para a empresas dispostas a fazer essa mudança e para os funcionários na hora de aproveitá-la.


Dicas para as empresas:

- Estabeleça uma comunicação clara, que especifique para quais cargos a flexibilização se aplica.

- Certifique-se de que todos estão sendo impactados pela informação.

- Uma boa saída é usar os gestores como multiplicadores do tema caso a empresa não tenha intranet, e-mails marketing ou murais.

- Informe a data de início e de termino da mudança, e se ela se aplica a todos os dias da semana ou somente às sextas-feiras.

- É importante estar claro e especificado quais são as mudanças abertas, ilustrando a comunicação com figuras ou fotos.


Dicas para o colaborador:

- Lembre-se que, independentemente da flexibilização, o colaborador continua no ambiente corporativo, portanto, qualquer tipo de excesso deve ser evitado.

- Os homens devem evitar camisetas regata, chinelos e bermudas de água.

- Existem outras saídas para refrescar o corpo no verão como utilizar tecidos naturais como o linho e o algodão, além de peças mais leves como camisas de manga curta e bermudas sociais mais curtas.

- Mulheres precisam estar atentas ao comprimento das saias, aos decotes nas costas e a exposição do corpo em exagero. O ambiente corporativo ainda pede algumas limitações. Deixe aquele vestido do final de semana para sábado, domingo e outros dias de folga. O ideal é ter no seu guarda-roupas os vestidos e saias de trabalho e as mesmas peças só que voltadas aos dias de descanso. Para o ambiente corporativo, opte por linho, crepe, jersey e outros tecidos mais nobres. Deixe a viscose e a visco lycra para as peças mais casuais de lazer.